jump to navigation

Do Lixo para o Luxo 20/02/2008

Posted by Denise Alves in Meio Ambiente, Tecnologia.
1 comment so far

São tantas as novidades… Uma nova linha de computadores, um processador mais avançado que não é compatível com sua placa mãe o que acaba lhe forçando a trocar as memórias, então é melhor comprar logo outro mesmo… sem falar nos celulares, primeiro com Fm, depois com Infravermelho, agora é Bluethooth, e as câmeras integradas de 1.3m já pode chegar aos 5!!! Você não pode ficar pra trás, tem que trocar, comprar o mais novo, se atualizar..fazer um Upgrade!!!

Mas, o que acontece com o antigo? Ele está funcionando, não possui nenhum problema – a não ser lhe deixar com cara de dinossauro, é claro! É bom lembrar que aquilo que pra gente não tem mais utilidade, pode ser para outros a única chance de possuir determinado aparelho eletrônico. Entendendo isso, principalmente no Brasil onde os que possuem computador em casa com acesso a banda larga constituem cerca de 3% da população – fazemos parte da elite!!! – a cultura da doação deve ser cultivada.

Antes doávamos só nossas roupas e calçados em bom estado, alguns talvez os livros e antigas coleções, hoje são aparelhos eletrônico que vão do celular à geladeira. Mas vale ressaltar: Só doe o que está em estado de USO.Empresas que são meio obrigadas a trocar de equipamentos com periodicidade tem encontrado nas doações destinos para aquilo que seria por elas considerado ‘lixo’  e para outros: escolas, Ongs, Centros Comunitários, é a entrada no mundo digital.

Já existem muitas iniciativas no Brasil nesse sentido. Escolas de Fortaleza e Ceará recebem constantemente doações de computadores, uns em bom estado outros nem tanto, que passando por um conserto ficam novinhos em folha e servem como alternativa para que esses mesmo equipamentos não sejam descartados a céu aberto, causando grave impacto ambiental e destituindo crianças de terem o primeiro contato com a era digital.Porque por incrível que pareça – para aqueles que já nasceram com computador em casa – ainda existem pessoas nesse Brasil, aqui em Aracaju, que nunca tocaram em um computador,  que nunca tiveram um celular mesmo parcelado para 10X, porque não tem cartão de crédito, e não tem, por que não possuem emprego…

Por incrível que isso possa parecer, isso acontece!Então vamos abrir mais os nossos olhos, a ponto de contemplar a necessidade do outro, que pode ter, naquilo que descartamos, o início de uma nova etapa. Ah! Você nao tem um computador para dar agora?! Então talvez você tenha alguma roupa, algum calçado, alimentos, livros… sabe… aquilo que está encostado a tempos e que você nunca mais usou e não sabe o que fazer com ele, pois é DOE, encontre alguma instituição próxima de você e faça uma boa ação, você ajuda alguém e o meio ambiente agradece.

Para quem quiser ver mais, acesse:  

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM673454-7823-LIXO+ELETRONICO,00.html 

Até mais!!!

Anúncios

O acaso virou caso de moda 16/02/2008

Posted by Denise Alves in Tecnologia.
1 comment so far

Como quase tudo na vida, as melhores coisas que nos acontecem, acontecem exatamente quando menos imaginamos. Assim aconteceu com a artista plástica Naná que enfurecida com a quebra de uma impressora sua, descobriu fios coloridos em seu interior e viu ali – da forma mais inusitada um poço de ‘ouro’ – materia-prima para assessórios de moda.

Além de ganhar dinheiro com aquilo que ninguém mais quer, ações como a dessa artista plástica ajudam a dar um destino para as milhares de toneladas de lixo eletronico que temos produzido a cada ano e que ainda não possui destino certo.

Bom essa é uma opção. Você conhece mais alguma? Conte-nos o que podemos fazer com tanto componente eletrônico descartado. Nos próximos posts continuarei a comentar o lixo eletrônico. Até mais.

lixo-recilcado1.jpg
lixo-recilcado3.jpg
lixo-recilcado2.jpg

Meu médico me mandou caminhar… 14/02/2008

Posted by Denise Alves in Meus.
add a comment
medicomemandoucaminhar1.jpg

O que é verdade afinal? 12/02/2008

Posted by Denise Alves in ciência.
1 comment so far

Açucar  X Adoçante

A Seguinte notícia foi publicada ontem:

—- 

“Estudo diz que adoçante pode engordar mais que açúcar

Um estudo realizado em ratos nos Estados Unidos sugere que a ingestão de sacarina – tipo de adoçante usado principalmente em refrigerantes dietéticos – pode provocar aumento de peso maior que a ingestão de açúcar.

Segundo os pesquisadores da Universidade de Purdue, em Indiana, o sabor doce causado pelo consumo de sacarina estimula o sistema digestivo a se preparar para a ingestão de uma grande quantidade de calorias.
Após cinco semanas, os ratos que consumiram a sacarina ganharam 88 gramas, enquanto os que ingeriram glicose tiveram um aumento de peso de 72 gramas – uma diferença de mais de 20%.

“Os resultados claramente indicam que consumir alimentos adoçados com sacarina pode levar a um aumento de peso e da taxa de gordura maior do que o consumo de açúcares calóricos”, diz o estudo.”

—– 

São tantas as pesquisas, tantos os resultados, que de primeira mão fica difícil saber quem está falando a verdade ou não. Primeiro açucar engorda, causa diabetes, mata, então use adoçante. Agora até o adoçante não é mais tão gente boa quanto parecia, tanto na semelhança dos resultados de gordura quanto nos efeitos colaterais suspeitos que só o tempo dirá que ele realmente provoca – dizem que causa câncer! como saber né?

Cabe ainda considerar que as informações não são publicadas destituídas de significado – coisa que todo jornalista sabe, pois a imparcialidade é um mito perseguido – assim também ocorre com as divulgações científicas. Não é apenas a informação que conta, deve-se considerar prioritariamente a fonte dessa informação, os interesses por trás dela.

Quem patrocinou essa pesquisa? Foi uma indústria açucareira que tem interesses que o adoçante seja descredibilizado? – não estou dizendo que seja, é apenas uma suposição – ou foi um instituto desprovido de interesses particulares? Será que esse estudo já está concluido ou essa informação faz parte da suspeita da pesquisa e não foi comprovada totalmente?

São perguntas a serem feitas diante das mais recentes “descobertas” do mundo científico, pois como diz a propaganda do canal Futura, o conhecimento se recicla e pode ser que no final cheguemos a uma conclusão inesperada! Pode ser que realmente o açucar não seja o vilão e o adoçante o moçinho, como também pode ser que não. E isso requer muita pesquisa antes de qualquer afirmaçao apressada em busca de interesses particulares.

Até na ciência e nos métodos científicos, as coisas podem ser relativas!

E você o que acha dessas “novidades”? Comente!
 

Manteiga pode medir poluição 12/02/2008

Posted by Denise Alves in ciência.
add a comment

mant.gif

Um estudo promovido em parceria entre o Greenpeace e a Universidade de Lancaster da Inglaterra revelou um novo método de medir os focos mundiais de poluição do ar, a análise da manteiga. De acordo com eles, muitos POPs (poluentes orgânicos persistentes), como PCBs (bifenilas policloradas), dioxinas e alguns pesticidas, carregados pelo vento acabam caindo nos pastos que servem de alimento às vacas, responsáveis pelo ingrediente que compõe aproximadamente 80% da manteiga, o leite. É em sua gordura que os poluentes se acumulam, acabando em nossas mesas. Kevin Jones, um dos envolvidos no estudo, afirma que os poluentes contidos no alimento não demonstram oferecer riscos à saúde, pois encontram-se em pequenas quantidades, e que as amostras de manteiga produzidas em diversas partes do mundo podem ajudar os ecologistas a encontrar os principais pontos expostos à emissão de POPs. As análises feitas com manteigas de 23 países revelaram que os produtos da América do Norte e Europa continham mais PCB, enquanto que o hemisfério sul apresentava níveis reduzidos. A quantidade de PCB encontrada nos alimentos variou de 110 a 3.330 picogramas por grama de manteiga (um picograma é a trilhonésima parte de um grama).

Repliee, o robô humanóide japonês 08/02/2008

Posted by Denise Alves in Tecnologia.
add a comment

Essa é Repliee o mais novo robô humanóide apresentado pelo Japão. O objetivo principal desse projeto não está diretamente relacionado à inteligência artificial, mas ao estudo da interação homem máquina. Para os criadores Repliee é como se fosse a interface do computador, a tela onde as informações são transmitidas – nesse caso informações pré elaboradas – de uma forma mais humana por assim dizer.

Vale a pena conferir, a semelhança com um humano é descomunal!!!